Blog Russel Serviços > Logística > Saiba como funcionam as tecnologias para rastreamento de cargas e conheça as mais utilizadas
Saiba como funcionam as tecnologias para rastreamento de cargas e conheça as mais utilizadas |

O rastreamento de cargas é uma tecnologia já incorporada ao cotidiano de diversas empresas e transportadoras. Poder acompanhar em tempo real a localização de suas mercadorias é um ponto importante para quem deseja conquistar um transporte mais seguro e ágil.

Mas você sabe quais são as tecnologias mais utilizadas?Sendo gestor de logística, é importante estar atualizado e conhecer essas questões, especialmente porque elas trazem mais eficiência ao seu setor.

Diante disso, preparamos este post com as melhores tecnologias de rastreamento de cargas. Se você tem interesse no tema e deseja aperfeiçoar seus conhecimentos, não deixe de conferir!

A importância de ter uma rastreamento de cargas otimizado

Uma das maiores preocupações e responsabilidades de uma empresa que transporta cargas é manter a segurança das mercadorias que estão sendo encaminhadas.

Devido aos altos riscos do transporte rodoviário, torna-se fator crucial trabalhar com ferramentas que possam ajudar a deixar os fretes mais seguros. Uma das mais conhecidas é o rastreamento de cargas, que vem se desenvolvendo eficientemente com a inovação tecnológica, já fazendo parte de diversas operações.

No entanto, o mercado apresenta diversas possibilidades diferentes para esse tipo de solução o que pode acabar deixando os gestores confusos ou em dúvida a respeito das funcionalidades de cada um e para que situações são mais recomendados.

A seguir você conhecerá as principais ferramentas de rastreamento e entender porque elas são tendências no mercado logístico.

O rastreador de cargas via GPS

O rastreamento de cargas via GPS é um dos mais usados pelos gestores de frotas. Trata-se de um sistema que localiza o veículo e cujo objetivo é acompanhá-lo 24 horas por dia, em tempo real.

O rastreamento é feito via satélite por meio de GPS/GPRS, que permite absorver um conjunto de informações importantes para o gestor, como controle de eventos (abertura e fechamento de portas, velocidade, aceleração etc.), bem como jornada de trabalho do motorista, relatórios gerenciais, controle de posições e outras informações.

Com o uso do rastreador de frota, será possível enviar alertas e bloquear o caminhão, se for necessário. O sistema pode ser empregado também por meio de computadores, smartphones e tablets.

A radiofrequência

Outra entre as tecnologias para rastreamento de cargas é a radiofrequência, que acontece por meio da emissão de sinais de rádio. Essa tecnologia possibilita ao gestor acompanhar a movimentação da frota mesmo em locais fechados (subsolos e túneis).

Outra vantagem da radiofrequência é que ela não está sujeita aos inibidores de sinais, conhecidos como jammers, além de permitir o rastreamento de cargas em tempo real.

Para fazer com que a carga fique ainda mais segura, é possível utilizar a tecnologia das etiquetas RFID, que são dispositivos que podem ser colocados diretamente nos produtos.

Elas contêm chips de silício e antenas que respondem aos sinais de rádio enviados por uma base que transmite. Existem RFIDs passivos (que respondem aos sinais enviados), semipassivos e ativos (que podem enviar sinais e apresentam custos mais altos).

A telemetria

As variantes de telemetria são outras eficientes tecnologias para rastreamento de cargas. Elas fornecem informações associadas ao desempenho do caminhão, do profissional que o está conduzindo e da operação como um todo. Tudo isso é feito por meio de diferentes sensores instalados no caminhão. Existem dois tipos de telemetria:

  • analógica;
  • digital (que só pode ser instalada nos veículos mais atuais, fabricados a partir de 2009).

Podemos citar as vantagens que a telemetria oferece:

  • revela a distância que o caminhão percorreu;
  • monitora frenagens bruscas;
  • identifica velocidades acima da média;
  • revela o período em que o caminhão permaneceu inativo;
  • fornece dados sobre o consumo de combustível;
  • produz relatórios para verificar a jornada de trabalho do motorista;
  • em geral, a telemetria ajuda a diminuir até 5% do consumo de combustível;
  • ajuda a economizar o uso dos freios e a evitar acidentes, em uma proporção aproximada de 30%;
  • aponta erros de condução que comprometem a segurança e, da mesma forma, indicam os pontos que o motorista pode aprimorar em sua performance.

Usando a telemetria, os motoristas desfrutam de mais segurança, e a gestão da frota torna-se mais simples, permitindo a identificação das possibilidades de reduzir custos.

É um sistema tão detalhado que detecta até quando o para-brisa é acionado, identificando que está chovendo e considerando a velocidade que deve ser mantida nessas condições.

As outras tecnologias de rastreamento de cargas

Além das ferramentas citadas, existem outras formas de tecnologias de rastreamento de cargas que podem ser utilizadas pelas empresas.

Os celulares, por exemplo, podem ser usados para manter aberto o canal de comunicação entre o gestor de frotas e os motoristas. Também é possível usar aplicativos mobile, que podem ser instalados em smartphones, tablets e notebooks. Eles também possibilitam o acompanhamento em tempo real. O motorista poderá, por exemplo, tirar uma foto na ocasião da entrega da mercadoria, registrar a assinatura do destinatário e preencher os dados necessários no sistema.

As câmeras também são ferramentas importantes, pois registram as imagens durante a rota do caminhão. Em muitos casos, elas são usadas em conjunto com um sistema de rastreador de cargas via GPS.

Há também tecnologias de rastreamento de cargas que estão em fase de testes no mercado, mas são bastante promissoras.

O smart truck, por exemplo, é um sistema instalado nos veículos que permite o rastreamento de um pallet desde a ocasião em que ele é carregado até o seu destino final. É uma tecnologia que também gera relatórios sobre a emissão de gases poluentes, nocivos ao meio ambiente.

Outra tecnologia em teste são as telas de bloqueio. Elas são instaladas em compartimentos de cargas a fim de garantir que a carga fique bem segura. Elas podem ser acionadas manualmente, por meio de controle remoto ou de sensores.

Os drones, tão comuns em filmes de ficção científica, também podem ser usados como tecnologias de rastreamento de cargas. Eles podem identificar paradas não programadas e até acionar o botão de pânico em momentos perigosos, como acidentes ou assaltos.

Porque você deveria investir em tecnologias de rastreamento de cargas

Como já foi citado lá no começo deste texto, a responsabilidade primordial para um negócio de transportes é fazer uma entrega de forma segura, dentro do prazo, sem avarias ou extravios pelo meio do caminho. Esse é o serviço básico que trará a satisfação do cliente.

Ou seja, o nível de qualidade do serviço pode ser baseado na segurança que a empresa proporciona ao cliente. Ter uma tecnologia de rastreamento de cargas pode ser fator diferencial no momento de escolha do consumidor do serviço.

Os benefícios do monitoramento de cargas

Além da importância que dá ao monitoramento de cargas um caráter quase obrigatório, a implementação dessa tecnologia traz inúmeros benefícios para uma operação. Selecionamos algumas delas para você conferir.

1. Avaliação do trajeto

O principal benefício das tecnologias de rastreamento de cargas é que elas possibilitam ao gestor monitorar a rota e detectar eventos que contrariam o que foi planejado e podem implicar em atrasos e prejuízos.

A avaliação do trajeto percorrido pelo caminhão também possibilita identificar pontos que podem passar por ajustes e melhorias, otimizando a eficiência logística.

2. Mensuração do desempenho de cada motorista

A tecnologia de rastreamento ainda favorece a mensuração do desempenho de cada motorista, de cada caminhão e da frota como um todo, considerando problemas de quebras, paradas não programadas e desvios durante o trajeto.

Isso ajudará os gestores a identificarem gaps no treinamento dos motoristas e o que pode ser feito para que a instrução seja feita de forma mais precisa, para evitar que incidentes relacionados à má condução possam acontecer.

3. Embasamento para melhoria

A telemetria cria dados que podem ser posteriormente analisados. Todas as informações devem ser compiladas, sendo como um mapa da situação atual da empresa.

Essas informações servirão de base para tomada de decisão dentro da operação e serão um ótimo embasamento para melhorias no processo que devem ser feitas para eliminar gaps e reduzir os custos.

4. Melhoria no relacionamento com o cliente

Além do controle otimizado que essas inovações tecnológicas apresentam ao gestor de frota, elas possibilitam melhorar o relacionamento com o cliente, oferecendo-lhe informações valiosas. Ele pode acompanhar todo o trajeto do caminhão em sua rota — e não somente na origem e no destino.

Com isso, a empresa cria um diferencial de credibilidade. O cliente confiará na sua equipe para prestar os serviços que precisa, o que faz com que ele se torne fiel à sua marca.

5. Gestão de tempo mais eficiente

É muito comum encontrar clientes que desejam saber o status da carga a cada momento. Se alguém da equipe precisar parar para ligar para o motorista, esperar que ele atenda e perguntar a localização do veículo a cada vez que o cliente solicitar essa informação, muito tempo será perdido. Com o monitoramento, essas informações são automáticas.

Além disso, no caso de um congestionamento, por exemplo, é possível verificar as condições de trânsito e replanejar a rota rapidamente, antecipando a solução de um problema que poderia causar o atraso da entrega.

6. Segurança

O nível de assaltos nas estradas brasileiras é alto. Por esse motivo, o transportador deve prezar pela segurança acima de tudo, tanto da carga do cliente quanto do motorista e do veículo.

Com as tecnologias de rastreamento de carga, o trajeto é acompanhado em tempo real, e a equipe perceberá se houver qualquer desvio da rota planejada, dando mais tempo para ações de contenção. Se houver o roubo do veículo, será mais fácil e rápido de localizá-lo, reduzindo os prejuízos que a empresa teria. Afinal, não é sempre que veículos roubados são localizados.

Proporcionar aos clientes soluções inteligentes que buscam prevenir problemas, trazer maior segurança e garantir que a carga será entregue conforme o esperado é criar vantagem competitiva para o negócio e se diferenciar em um mercado superlotado de concorrentes.

Tanto a empresa quanto os clientes se beneficiam das tecnologias para rastreamento de carga. Vale a pena que o gestor de logística e de frotas esteja atento às últimas inovações e à eficiência que elas proporcionam, aplicando-as sabiamente na empresa em que trabalha.


Russel Serviços pode te oferecer os mais diversos profissionais terceirizados para a área de logística, com extrema qualidade e eficiência e com todas as qualificações necessárias para o seu negócio. A Russel entrega o profissional em apenas 48 HORAS e o processo é feito completamente online.

O seu funcionário ideal está apenas a alguns cliques de você! Não perca mais tempo e entre em contato com o e-mail contato@russelservicos.com.br para mais informações e para fazer um orçamento!